Uma Nova na constelação do Golfinho foi descoberta no dia 14/08/2013 pelo japonês Koichi Tagak. No dia 16/08/2013 atingiu a magnitude aparente de 4.5, sendo visível a olho nú em locais sem poluição luminosa e facilmente encontrada com o uso de binóculos.

Novas são explosões de estrelas anãs-brancas que estão “consumindo” matéria (principalmente gás hidrogênio) da atmosfera externa de uma estrela companheira. A matéria acretada é compactada e a certo limite inicia-se a fusão nuclear. A estrela não é destruída e poderá explodir várias vezes se continuar roubando matéria da estrela vizinha.

Fiz essa imagem apenas para registro, desconsidere a qualidade ruim da foto.

Foto guardada - aplicadas configuracoes.

Nova Delphinus 2013 assinalada quase no centro da foto.