Draconídeos tem THZ de 1 ou 2 meteoros por hora, porém os chamados outbursts registrados no século passado chegaram a centenas e até milhares por hora. Draconídeos são restos do cometa 21P/Giacobini-Zinner.
Apesar de alguns picos ocorrerem na noite de hoje e amanhã, os Draconídeos são melhor visíveis pelos observadores do hemisfério norte. Além disso a Lua Crescente vai atrapalhar muito a visão. A não ser que ocorram espetáculos históricos como o de 1933, quando foram registrados 450 meteoros por minuto!

Mesmo com a chance pífia de ver algo, hoje a noite vou arriscar ficar um pouquinho lá fora.

Se alguém quiser arriscar: assim que anoitecer (19h), fique de olho
na região entre as estrelas Vega e Antares (Noroeste). Creio que até
umas 23h30 ou 00h00 vale arriscar.

Anúncios