Este semestre, desde março estou trabalhando novamente um tema de Astronomia com 21 alunos do Colégio Pontual dentro do projeto anual “Estações de Aptidão”. Me apropriando de parte do título da dissertação de mestrado e livro do Professor Dr. Marcos Cesar Danhoni Neves, “Astronomia de Régua e Compasso” foi o nome escolhido para o curso. Ele foi adaptado de uma palestra que montei pela primeira vez em um curso no Planetário de Londrina em 2008 e que uso até hoje chamada “Medidas em Astronomia”. O objetivo é estudar como foi possível descobrir as distâncias e tamanhos relativos no sistema Sol-Terra-Lua, analisando as técnicas trigonométricas empregadas por Aristarco e Hiparco e juntamente com as medidas de Eratóstenes estabelecer os números que conhecemos. Assuntos que serão temas de futuros posts deste blog.

No desenvolvimento desse tema, a interdisciplinaridade é muito presente nos aspectos da História da Ciência, Matemática, Geografia, Astronomia, etc… e os alunos têm a oportunidade de aprofundar em temas que são apenas “pincelados” durante o período escolar e que são de fundamental importância para a compreensão, por exemplo, do surgimento da trigonometria e sua aplicação prática, ou da história dos povos e sua relação com a matemática.

O grande desafio desse curso é o fato dele ser interseriado, ou seja, tenho alunos desde a quinta série do fundamental até o segundo ano do ensino médio, assistindo juntos à mesma aula. É necessário então, abordar os temas com o cuidado para não desprezar o nível cognitivo dos mais novos e ao mesmo tempo tirar de todos o máximo na compreensão e aprendizado.

Anúncios