Pouco antes do amanhecer do dia 21/12/2010, dia do solstício de verão para o hemisfério Sul, teremos a oportunidade de ver um eclipse lunar total, mesmo que só a sua primeira metade.

O último eclipse lunar de 2010 será melhor apreciado pelos observadores na América do Norte, que verão o fenômeno completo. O eclipse ocorre no nodo descendente da Lua na constelação de Touro, quatro dias antes do perigeu.

A trajetória orbital da Lua fará com que ela cruze a metade norte da sombra da Terra. Embora o eclipse não seja central, a fase de totalidade (entre U2 e U3) ainda dura 72 minutos. O caminho da Lua por entre a sombra da Terra, bem como um mapa ilustrando a visibilidade mundial do evento são mostrados na imagem. Os horários de início de cada fase, são listados abaixo:

Início do Eclipse Penumbral (P1): 03:29:17 BRST*
Início do Eclipse Parcial (U1): 04:32:37 BRST
Início do Eclipse Total (U2): 05:40:47 BRST
Auge do Eclipse: 06:16:57 BRST
Término do Eclipse Total (U3): 06:53:08 BRST
Término do Eclipse Parcial (U4): 08:01:20 BRST
Término do Eclipse Penumbral: 09:04:31 BRST

*Horário brasileiro de Verão (Brazilian Summer Time)
No auge do eclipse (06:17 BRST), a Lua se encontrará a menos de 4º de altura do horizonte para observadores de Londrina-PR. A metade sul da Lua vai aparecer mais escura do que a metade do norte porque estará em posição mais profunda na umbra.

O evento será visível inteiramente na América do Norte e oeste da América do Sul. Brasileiros do Sul, Sudeste e Nordeste perderão os estágios a partir de U3 (início da saída da Lua da umbra) em diante, e brasileiros da região Norte perderão os estágios a partir de U4 (saída total da Lua da Umbra),  pelo fato de ocorrerem após o pôr da Lua.  Para os observadores na Ásia Oriental a Lua nasce durante o eclipse. Nenhuma fase do eclipse será visível para observadores da África do Sul e costa leste africana, ou do Oriente Médio ou da Ásia meridional.

Veja um pequeno vídeo feito com o Stellarium mostrando a simulação do Eclipse:

 

Duas dicas para observar esse eclipse:

– Procure um lugar com o horizonte Oeste livre de prédios, casas, morros etc. A Lua irá descendo enquanto o eclipse evolui e ficará muito próximo do horizonte durante a fase de totalidade;

– Não é preciso acordar antes das 4h da manhã para tentar ver o início da fase penumbral (P1). Provavelmente você não coseguirá ver nada de diferente. Esta fase é difícil de perceber. Espere para acompanhar o início da fase umbral (U1) às 04h32 (horário de Brasília);

Boa sorte e céus limpos!

Anúncios